Avalie este artigo:

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Avaliação 4.43 (103 Votos)

Provérbios com Tema 'Palavra'

Apresentamos de seguida a lista de provérbios que sobre o tema 'Palavra'.

Esta lista foi coletada de diversas fontes e está em constante evolução. Não é uma lista exaustiva da riqueza da língua Portuguesa. Caso conheça algum provérbio que não se encontre nesta lista, deixe o seu comentário para que o possamos adicionar.



A bom entendedor, breve falador; a bom entendedor, meia palavra basta
A carta, cartas; e a palavra, palavras
A chave do almoço é um bocado de pão, e a da zaragata é uma palavra
A chave do alvoroço é um bocado de pão e a da zaragata é uma palavra
A duas palavras, três porradas
A espada vence e a palavra convence
A espada vence, a palavra consente
A grandes personagens, palavras poucas
A licença das palavras, leva à licença das acções
A melhor palavra é a que está por dizer
A palavra e a pedra solta, não têm volta
A palavra é tempo; o silêncio, eternidade
A palavra foi dada ao homem para disfarçar o seu pensamento
A palavra não é uma seta, mas fere
A palavra que reténs entre os lábios, é tua escrava; a que soltas irreflectidamente é teu senhor
A palavra, como a flecha, despedida não volta
A palavras loucas, orelhas moucas
A palavras néscias, ouvidos de mercador
As boas palavras custam pouco e valem muito
As boas palavras requerem boas acções
As palavras más corrompem os costumes bons
As palavras mostram o que cada um é
As palavras mostram o que cada um realmente é
As palavras não proferidas são flores do silêncio
As palavras são como as cerejas: vão umas atrás das outras
As palavras voam e os escritos ficam
Boas palavras e maus feitos, enganam sisudos e néscios
Bonitas palavras não engordam gatos
Bonitas palavras não engordam vacas
Com frequência, uma palavra que te escapa é uma espada que te ameaça
Da palavra que soltas, és tu escravo; a que reténs, é escrava tua
Debaixo de boa palavra, aí está o engano
É perdida a palavra que não é escrita
Má palavra fere como espada
Mais fere a má palavra que espada afiada
Mais vale boa palavra, que oiro de boa lavra
Não há má palavra, se a puserem no seu lugar
Não há palavra mal dita, se não for mal entendida
Palavra dada, escritura assinada
Palavra dada, vida empenhada
Palavra de burro é coice
Palavra de rei é escritura
Palavra fora da boca, é pedra fora da mão
Palavra fora da boca, não volta atrás
Palavra não é bem de raiz
Palavra não é prego
Palavra que muito ferve, o sabor perde
Palavra, puxa palavra
Palavras de noite não são para manhã
Palavras de santo, unhas de gato
Palavras ditas, pancadas dadas
Palavras e penas, o vento as leva
Palavras e planos, o vento os leva
Palavras e plumas, leva-as o vento
Palavras melosas, sempre enganosas
Palavras não engordam sopas
Palavras são boas de dizer e más de cumprir
Palavras são fêmeas e factos são machos
Palavras sem obras não merecem fé
Palavras sem obras, plumas ao vento
Palavras sem obras, são tiros sem bala
Palavras sem obras, viola sem cordas
Palavras, leva-as o vento
Palavras, não custam dinheiro
Palavras, não enchem barriga
Para bom entendedor, meia palavra basta
Perder o tempo e o latim
Quem não vai à palavra, não vai à pancada
Toda a palavra é perdida se da alma não foi ouvida
Toda a palavra se deixa dizer
Uma palavra antes, vale por duas depois
Uma palavra boa, custa pouco e vai longe
Uma vez solta uma palavra, já não pode alcançá-la nem um cavalo a galope. Cuidado, portanto, com o que se diz



COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário e partilhe o seu conhecimento relativamente aos provérbios portugueses que fazem parte da nossa cultura.

Ajude a divulgar os provérbios e a determinar a sua origem e significado. Contamos com a sua ajuda!

O site Provérbios Portugueses não é responsável pelos comentários inseridos pelos utilizadores. Cada utilizador Facebook é responsável pelos seus comentários. Não serão tolerados comentários racistas, insultuosos, spam e outros considerados impróprios pelos administradores do site Provérbios Portugueses.