Avalie este artigo:

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Avaliação 4.28 (99 Votos)

Provérbios com Tema 'Animais'

Apresentamos de seguida a lista de provérbios que sobre o tema 'Animais'.

Esta lista foi coletada de diversas fontes e está em constante evolução. Não é uma lista exaustiva da riqueza da língua Portuguesa. Caso conheça algum provérbio que não se encontre nesta lista, deixe o seu comentário para que o possamos adicionar.



A besta comedeira, pedras na cevadeira
A besta comedoira, rédeas curtas
A besta louca, recoveiro maduro
A besta mais mansa é a que dá o maior coice
À besta que muito anda, nunca falta quem a tanja
A bezerrinha mansa mama a sua e a alheia
A bicho ruim, não há mal que lhe chegue
A boa mão do rocim faz cavalo, e a ruim do cavalo faz rocim
A bom cavalo, não falta sela
A cabra apregoa mel e vende azeitonas
A cabra berra «mé», e os seus dejectos parecem azeitonas
A cabra com muito viço dá com o corno no toutiço
A cabra da minha vizinha dá mais leite que a minha
A cabra da vizinha anda mais gorda do que a minha
A cabra puxa sempre para o monte
A cabra puxa sempre para o monte, e o sequioso para a fonte
A cabra vai pela linha: por onde vai a mãe, vai a filhinha
A cabras e a ladrões só se lhes diz o caminho uma vez
A cada ovelha sua parelha
A cada porco (parvo) agrada a sua pousada
A cada porco, agrada a sua pocilga
A carne carne cria
A carne de lobo, dente de ferro (cão ou perro)
A carneiro capado, não apalpes o rabo
A cobra maior engole a menor
A cobra oculta-se debaixo da erva
A cobra, onde tem os ovos, aí tem os olhos
A cobra, quando entra na água, deixa o veneno em terra
A cobra, quando quer morrer, procura a estrada
A cordeiro estranho, não recebas em teu rebanho
A dezanove de Março, e o cuco sem vir, ou ele é morto ou está para vir
A doninha, mesmo que se banhe no riacho, cheira sempre a doninha
A felicidade do milhafre é ter a asa quebrada e o bico inteiro
A filha da onça tem pintas como a mãe
A fome e a sede põem a lebre a caminhar
A fome e o frio faz vir a lebre ao caminho
A fome e o frio fazem o gado galego
A formiga faz as suas provisões no Verão, ajunta no tempo de ceifa o seu alimento
A formiga sabe que folha come
A formiga, ainda que pequena, mata o crocodilo
A formiga, quando quer se perder, cria asas
A furão cansado, tira-lhe o açaimo
A gado pouco, a sábio redondo
A gado que rói nunca lhe faltaram farrapos
A galgo velho, deita-lhe (salta-lhe) a lebre e não coelho
A lã não pesa à ovelha, e a barba não pesa ao bode
A lã nunca pesou ao carneiro
À larga, o galgo a lebre mata
A lebre, em Janeiro, está na cama (baixa) ou no lameiro
A macaco velho, não se (lhe) ensina a fazer caretas
A mais ruim ovelha é a que suja no terrado



COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário e partilhe o seu conhecimento relativamente aos provérbios portugueses que fazem parte da nossa cultura.

Ajude a divulgar os provérbios e a determinar a sua origem e significado. Contamos com a sua ajuda!

O site Provérbios Portugueses não é responsável pelos comentários inseridos pelos utilizadores. Cada utilizador Facebook é responsável pelos seus comentários. Não serão tolerados comentários racistas, insultuosos, spam e outros considerados impróprios pelos administradores do site Provérbios Portugueses.