Avalie este artigo:

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Avaliação 4.09 (105 Votos)

Provérbios com Tema 'Água'

Apresentamos de seguida a lista de provérbios que sobre o tema 'Água'.

Esta lista foi coletada de diversas fontes e está em constante evolução. Não é uma lista exaustiva da riqueza da língua Portuguesa. Caso conheça algum provérbio que não se encontre nesta lista, deixe o seu comentário para que o possamos adicionar.



A água acode sempre ao mais baixo
A água arromba os navios
A água bate na rocha, mas quem paga é o mexilhão
A água cava a dura pedra
A água colhe em joeira, quem se crê de ligeira
A água com que no Verão se há-de regar, em Abril há-de ficar
A água corre para a água
A água corre para o mar, e as coisas para o seu natural
A água corre para o poço
A água corre sempre para o mar
A água corredia, não guardes cortesia
A água da fonte é muita, mas também se acaba
A água de Abril é água de cuco, molha quem está enxuto
A água de Agosto faz mal ao rosto
A água de Janeiro mata o onzeneiro
A água de Janeiro traz azeite ao olival, vinho ao lagar e palha ao palheiro
A água de Janeiro vale dinheiro
A água de Junho, bem chovidinha, na meda faz farinha
A água de Março é pior do que nódoa no fato
A água de nevão dá pão; a do trovão em parte dá e em parte não
A água de Santa Marinha, na meda faz farinha
A água de trovão cala até ao chão
A água e a capa nunca pesaram
A água é branda e a pedra dura; mas, gota a gota, fará fundura
A água é fria, mas mais é quem com ela convida
A água é o sangue da terra
A água é para os peixes e o minar para a toupeira
A água esbarronda as paredes
A água escava a rocha, amolecendo-a
A água estagnada corrompe-se, a que corre livremente é cada vez mais pura e límpida
A água falta nos meses, mas não falta nos anos
A água falta nos meses, mas nunca falta no ano
A água faz bem, mas só daquela que o vinho contém
A água faz desabar as paredes
A água fervida ampara a vida
A água grita a qualquer pancada que lhe dão
A água lava tudo, menos as más acções
A água lava tudo, menos as más-línguas
A água não empobrece, nem envelhece
A água não se suja se não houver nada no fundo
A água o dá, a água o leva
A água que no Verão há-de regar de Abril e Maio há-de ficar
A água rega, o Sol cria
A água salobra, na terra seca é doce
A água tudo lava, menos quem se louva e as más-línguas
A água, em Abril, carrega o carro e o carril
A água, Maio a dá, Maio a leva
A água, por onde passa, molha
Água corrente não mata gente
Água corrente, esterco não consente
Água de serra, sombra de pedra
Água de terra e sombra de pedra
Água detida é má para bebida
Água detida faz mal à vida
Água e azeite não se misturam
Água fervida alimenta a vida
Água fervida, tem mão na vida
Água fria lava e cria
Água não quebra osso
Água não tem cabelo
Água preta não dá peixe
Água que não soa não é boa
Água quente adivinha outra
Água quente, saúde para o ventre
Água salobre é doce
Água silenciosa é sempre perigosa
Água suja também lava
Água vertida não é toda colhida
Águas paradas, cautela com elas
As águas correm todas para o mar
Na água revolta, pesca o pescador
Não há pior água que a mansa



COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário e partilhe o seu conhecimento relativamente aos provérbios portugueses que fazem parte da nossa cultura.

Ajude a divulgar os provérbios e a determinar a sua origem e significado. Contamos com a sua ajuda!

O site Provérbios Portugueses não é responsável pelos comentários inseridos pelos utilizadores. Cada utilizador Facebook é responsável pelos seus comentários. Não serão tolerados comentários racistas, insultuosos, spam e outros considerados impróprios pelos administradores do site Provérbios Portugueses.