Avalie este artigo:

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Avaliação 4.31 (98 Votos)

Provérbios com Palavra Chave 'amor'


Apresentamos de seguida a lista de provérbios que usam a palava amor.

Esta lista foi coletada de diversas fontes e está em constante evolução. Caso conheça algum provérbio que não se encontre nesta lista, deixe o seu comentário.


A alma limpa o corpo; o amor limpa a alma
A amizade deve ser vidente e o amor, cego
A amizade é o amor sem asas
A amizade é um amor que não se comunica pelos sentidos
A beleza exterior inspira amor, a da alma estima
A beleza exterior inspira amor; a interior inspira estima
A chaga do amor, quem a faz, a sara
A dificuldade é o aguilhão do amor
A distância das moradias não desune o amor dos corações
A força do amor, somente se avalia quando o sentimos
A galanteria, é o amor sem amor
A soldado e a sacrista, não há amor que lhe resista
Amizade dada é amor
Amor a quanto obrigas
Amor com amor se paga
Amor da praia fica enterrado na areia
Amor que pica, sempre fica
Amor querido, amor batido
Amor, dinheiro e cuidado, não está dissimulado
Amores são loucuras
Arrufos de namorados são amores dobrados
As ausências curtas, acirram o amor; as longas, fazem-no morrer
As lágrimas são, quase sempre, o último sorriso do amor
As saudades são filhas do amor e enteadas do engano
Ausência, aparta amor
De todos os impérios, o mais vasto e absoluto é o do amor próprio
Em amor, a ausência, quando não é o maior dos males, é o melhor dos remédios
Em amor, não há último adeus, senão aquele que se não diz
Em amor, um rico presente vale mais que um belo discurso
Feliz ao jogo, infeliz no amor
Grande amor, grande labor
Grande amor, grande perdão
Há uma espécie de amor que não passa de vaidade satisfeita
Na guerra e no amor tudo é permitido
Não há amor como o primeiro
Não há amor sem ciúme
Não há esperança sem temor, nem amor sem receio
Nunca ter desilusões no amor, é um privilégio dos imbecis
O amor ajuda os atrevidos
O amor aperfeiçoa as almas bem nascidas
O amor castiga
O amor consola de tudo, menos do pesar que causa
O amor dá coragem e dá fraqueza
O amor deve ser cego
O amor e a afeição, cegam os olhos do entendimento
O amor e a fé, nas obras se vê
O amor e a morte, vencem o mais forte
O amor é cego, a amizade fecha os olhos
O amor é cego, mas vê muito ao longe
O amor é forte como a morte
O amor é sempre imprudente
O amor é um frenesim que todos vêm menos quem dele está possuído
O amor é um passarinho que não aceita gaiola
O amor é uma religião que não cai
O amor é, sempre, uma página escrita em hebraico
O amor entra pelos olhos
O amor gosta de amores
O amor já de si é algum arrependimento
O amor mais constante que se conhece, é o do dinheiro
O amor morre mais de indigestão do que de fome
O amor não envelhece, morre criança
O amor não escolhe idades
O amor não tem lei
O amor nasce da vista e vai ao coração
O amor olha de tal maneira que o cobre lhe parece ouro
O amor tudo satisfaz menos a fome
O amor tudo vence
O amor verdadeiro não sofre coisa encoberta
O amor, pede; a amizade, dá
O ciúme depende mais da vaidade que do amor
O ciúme nasce sempre com o amor, mas não morre sempre com ele
O ódio costuma mostrar o que o amor oculta
O tempo fortifica a amizade e enfraquece o amor
Onde amor lançar o selo, nenhuma cousa o desterra
Pancadinhas de amor não doem
Pelo amor se ganha o Céu
Por mais que o amor se encubra, mal se dissimula
Quem não tem sorte ao jogo, tem sorte ao amor
Se o amor fosse cardeal, há muito o demo seria Papa
Se o teu amor for doce, não o comas todo
Sobram as culpas onde falta o amor



COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário e partilhe o seu conhecimento relativamente aos provérbios portugueses que fazem parte da nossa cultura.

Ajude a divulgar os provérbios e a determinar a sua origem e significado. Contamos com a sua ajuda!

O site Provérbios Portugueses não é responsável pelos comentários inseridos pelos utilizadores. Cada utilizador Facebook é responsável pelos seus comentários. Não serão tolerados comentários racistas, insultuosos, spam e outros considerados impróprios pelos administradores do site Provérbios Portugueses.